Great Place to Work: BMS Projetos & Consultoria conquista primeiro lugar na categoria Pequenas Empresas

Sem poder fazer home office, empresa aumentou vale-refeição e os protocolos de segurança. Em segundo lugar ficou a Copastur e, em terceiro, a fintech Voltz

O Globo

05/09/2021 – 05:30

RIO – Na BMS Projetos & Consultoria, não se aplica o ditado “em casa de ferreiro, o espeto é de pau”. A empresa se empenhou tanto na gestão previdenciária e trabalhista de seus clientes para minimizar os impactos da pandemia e evitar que quebrassem, quanto em criar um ambiente seguro para os funcionários responsáveis pelo sucesso do negócio.

A empresa de 11 anos — que conquistou o primeiro lugar na categoria de pequeno porte no GPTW 2021 — tem 77 funcionários e já participou várias vezes da pesquisa, mas nunca havia sido premiada.

A diretora comercial Tatiane Allem acredita que a mudança da empresa começou há três anos, quando esta passou a se especializar em leis para recuperar valores de INSS e abraçou duas novas frentes: recuperação de créditos pagos a mais e prestação de serviços preventiva.

— Este era um tema que poucos escritórios de advocacia e contabilidade dominavam ou queriam. A BMS tem uma história bastante peculiar. Temos um time que busca pacificação dentro da legislação de temas muito específicos — diz.

A virada de chave, porém, veio no ano passado com o posicionamento da empresa na pandemia. Sem a possibilidade de manter os empregados em home office, devido à dependência de alguns sistemas que não podiam ser acessados remotamente, a empresa intensificou a prevenção contra a Covid-19.

— Tivemos que ter essa obsessão por aferição de temperatura, distanciamento, teste toda semana e, em alguns períodos, fizemos revezamento também. Só fechamos quando realmente nos foi imposto — afirma Tatiane.

Outra medida foi aumentar em 50% o valor do vale-refeição para evitar que as pessoas saíssem na hora do almoço da empresa, que fica em São Conrado. Como não há tantas opções de restaurantes próximos, elas dependem muito do delivery.

— Quando pergunto para a equipe o que eles gostam na BMS, dizem que é o engajamento nas coisas que oferece — diz a executiva, acrescentando: — Acredito que também seja porque somos um ambiente familiar, as pessoas viajam juntas nas férias, e somos flexíveis, conhecemos a realidade de cada um. O mais importante no ano passado foi o time unido para não deixar a peteca cair.

Segundo lugar: Copastur Viagens e Turismo

O cuidado está nos detalhes. Em meio aos problemas que o trabalho remoto gerou na pandemia, uma das maiores angústias é causada pela frieza dos relacionamentos por tela. Para acolher e aproximar as pessoas, a Copastur Viagens e Turismo criou uma série de ações, como happy hours em que os funcionários podiam interagir e mostrar talentos e kits de aniversário entregues em casa para cantar “Parabéns” com a equipe por vídeo. Tais atitudes a fizeram estar entre as Melhores Empresas para Trabalhar no GPTW 2021, na categoria de pequeno porte.

— Na pandemia, reforçamos esse cuidado com os colaboradores. Criamos também um talk show em que as pessoas se inscreviam para contar suas histórias, pelo Zoom, a cada 15 dias. Quase todos participam, e isso traz uma conexão maior — avalia Edmar Mendoza, diretor executivo da Copastur.

Ele destaca que a transparência neste momento tem sido essencial e conta que criou um comitê de diversidade e inclusão:

— Entendemos que temos de focar nessa questão, pois agora que estamos começando a contratar, conseguiremos ser mais inclusivos com maior rapidez.

A empresa voltada para viagens corporativas, especialmente no setor de óleo e gás, está no Rio desde 2012 e vem investindo no desenvolvimento dos funcionários nos últimos anos.

De dois anos para cá, os principais investimentos foram em estrutura, mentoria e cross training (treinamento em outra área). Em 2020, porém, com as dificuldades impostas pela pandemia, o foco passou ser cuidar das pessoas e manter os empregos. São 83 funcionários, a maioria em home office. E 35% estão no trabalho presencial de forma voluntária.

Terceiro lugar: Voltz Capital S.A.

Quando a fintech Voltz Capital S.A., do grupo Energisa, decidiu participar do GPTW 2021, a ideia era usar o relatório como referência e se preparar para o ano seguinte, pois não tinha sequer um ano de existência. Mas a empresa fez a lição de casa e em sua estreia conquistou um lugar ao sol entre as Melhores Empresas para Trabalhar no Rio, onde fica a matriz.

Para Mônica Librelon, coordenadora de Talentos e Cultura da Voltz, o feedback da equipe é resultado de um pacote de benefícios agressivos e de um modelo de negócio disruptivo, no qual o funcionário é o protagonista:

—Ele tem voz, pode se aproximar da liderança e pôr suas ideias em prática. É uma empresa horizontal.

Frederico Dias, gerente executivo de Talentos e Cultura, acrescenta que o investimento contínuo na equipe — com palestras e pesquisas quinzenais de clima — reforça a preferência. Não à toa, de 12 oportunidades abertas, há uma média de 150 currículos por vaga.

— A Voltz veio da necessidade dos clientes de recorrerem a um crédito facilitado, menos burocrático. Para isso, trouxemos talentos com a proposta de ser uma empresa diferente, de oferecer algo que eles não tinham nas tradicionais. Nosso principal atrativo é que cada um põe a sua digital no negócio — destaca Dias.

https://oglobo.globo.com/economia/great-place-to-work-bms-projetos-consultoria-conquista-primeiro-lugar-na-categoria-pequenas-empresas-1-25184813

Entre em contato conosco!
BMS

BMS